Postagens mais visitadas

terça-feira, 23 de março de 2010

Razão Áurea


O número 1,618, conhecido como razão áurea, é representado pela letra grega Phi por ter sido bastante utilizado pelo escultor e arquiteto Phidias, que o aplicou na construção do templo de Paternon, na Grécia. Esse número teve especial destaque nos estudos feitos na escola grega de Pitágoras, que, através de relações e modelos numéricos, observou sua presença na estética, na beleza, na natureza, na harmonia musical, entre outras. Os antigos achavam que este era um número pré-determinado pelo Criador do Universo.
Veja alguns exemplos em que essa razão aparece:
  • Se dividirmos o número de fêmeas pelo número de machos de qualquer colmeia do mundo, sempre vamos obter o valor de Phi.
  • A razão entre a distancia que vai do alto da nossa cabeça até o chão e a distância do nosso umbigo até o chão é Phi.
  • A razão de cada diâmetro da espiral do nautilus (molusco) para a seguinte espiral também é Phi.
  • A razão entre a distância do ombro até a ponta dos dedos e a distância entre o cotovelo até a ponta dos dedos também é Phi.
Os artistas utilizaram essa propriedade para obter harmonia e beleza em suas obras, como nas pirâmides do Egito, no Paternon grego ou na Quinta Sinfonia de Beethoven.